top of page

Condé lamenta derrota, mas elogia atuação do Vitória contra o Bahia: "Jogo estava controlado"


Jogando na Fonte Nova, o Vitória foi derrotado por 2 a 1, de virada, para o Bahia e se complicou na Copa do Nordeste. O Leão da Barra estacionou nos oito pontos e caiu para a 5ª colocação do Grupo A, fora do G-4.


Após a partida, o técnico Léo Condé lamentou a derrota para o maior rival, mas elogiou parte da atuação do Vitória.


“Jogo bem movimentado, lamento muito o resultado. Mas o Vitória mostrou, diferente do que muitos imaginavam, uma equipe que tem capacidade de jogar no Barradão e fora e fazer bons jogos”, avaliou.


“A gente estava com o jogo controlado. Nos perdemos em dez minutos. Falei para eles para nós termos mais coragem de arriscar. E depois as mudanças foram mais de mudar a estrutura, como a entrada de Mateus Gonçalves. A gente testou essa estrutura com dois atacantes mais avançados, ele movimentando perto do Alerrandro, o Osvaldo na amplitude, o Matheusinho também. Infelizmente, durou apenas alguns minutos e acabou atrapalhando. Depois trocamos peças de acordo com o desgaste”, continuou.


Condé aproveitou ainda para comentar a expulsão de Matheus Gonçalves, após chutar o volante Caio Alexandre, do Bahia.


“A gente tinha alguns planos para o jogo. Acabou que atrapalhou. Não vamos crucificar o jogador, mas tem que ficar atento. Esses jogos são decididos em detalhes. (...) A gente fez oração. O jogador já tem consciência de que errou. A gente alerta para os demais. Mas vamos conversar com o jogador, experiente e sabe que errou. Não vamos crucificar ele”, disse.


Classificação na Copa do Nordeste"Em termos de classificação dificultou um pouco. Temos um jogo fora e depois mais um em casa. Vamos tentar mais um resultado positivo para continuar na briga. Foi um jogo muito desgastante."


Avaliação da partida"Jogo cheio de alternativas. A gente lamenta o resultado. Atuação equilibrada, tivemos início bom e conseguimos neutralizar as jogadas do Bahia.


Conseguimos, dentro do propósito de liberar o PK e aproximar do Osvaldo e Alerrandro. Um lance de puro talento do Alerrandro fez belo gol. Depois, naturalmente, o adversário nos colocou para dentro do campo. Eles tinham uma maior passe, mas a gente tinha controle do jogo. Conseguimos fechar bem a entrada da área. Infelizmente, em um vacilo nosso, eles fizeram o gol. Em uma bola que a gente alertou muito, nesse passe para trás do Everton Ribeiro e chegada do Jean."


"Eles empataram o jogo, e nosso time não teve uma postura muito boa nos dez minutos finais do primeiro tempo. A gente se perdeu um pouco. Não sei quem iniciou, mas teve um início de confusão. Eles tiveram proveito, e um lance de bola parada eles fizeram o segundo gol. No segundo tempo consertamos, ajustamos. Aí ficou jogo aberto, eles tiveram chance, a gente também. Teve entrada do Mateus, que logo depois foi expulso. Mas mesmo com um jogador a menos a gente conseguiu equilibrar forças, tivemos duas ou três chances de contra-ataque, como o Bahia teve."


O que faltou:"O segundo tempo ficou aberto. O primeiro tempo foi truncado. E o Lucas quase que não foi acionado o jogo inteiro. No segundo tempo tivemos alguns bons chutes. A expulsão, de uma certa forma, a gente tinha situações que trabalhou durante a semana. Vai ficar para o próximo jogo.No todo, a gente conseguiu fazer jogo equilibrado. Não tem quem mereceu mais ou menos. São jogos equilibrados. Talvez o externo poderia imaginar que teria supremacia muito grande do rival sobre o Vitória. Mas hoje a gente provou que não foi só chuva de verão no último jogo. O Vitória está forte, e o torcedor sabe que vai ter equipe consistente."


Arbitragem:"Não foi dizer que foi tendenciosa. Árbitro que apitou muitos jogos da Série A. Mas hoje achei ele muito confuso. Teve um lance que ele não deixou o Alerrandro voltar. Os cartões amarelos, principalmente do Wagner, ele foi muito rigoroso. São detalhes."

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page