top of page

Falência? Pastor Valdemiro Santiago corre risco de perder bens por dívida; saiba detalhes


Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, enfrenta uma condenação judicial por não cumprir uma indenização de R$ 900 mil ao repórter do SBT, Everton Di Souza, conhecido como Fofoquito. A dívida, originada de um processo movido há onze anos, refere-se aos direitos autorais de uma música e à produção de um documentário biográfico sobre o religioso. As informações são do Notícias da TV.


O processo foi movido devido ao não pagamento dos direitos autorais da música "Deus Me Ajude" e pela falta de remuneração pelo trabalho de Fofoquito na elaboração do documentário "De Menino Pobre a Apóstolo de Deus". A sentença foi emitida em 2019, com a determinação para Santiago realizar o pagamento, porém, apenas 30% da dívida foi quitada até o momento.


Após o fim do prazo de um recurso, Valdemiro Santiago e a Banda Mundial, representada pelo empresário Jair Passos, adiaram o pagamento determinado pelo juiz Guilherme Rocha Oliva. O advogado de Fofoquito alerta que, caso a dívida não seja liquidada até o final do ano, a Justiça poderá ordenar a penhora de bens, inclusive propriedades ligadas à Gravadora WS MUSIC em Mato Grosso.


A briga legal teve início em 2011 quando Fofoquito acusou Santiago e sua gravadora de não remunerarem os direitos autorais da música "Deus Me Ajude", presente no disco "Deus Cuidará". Além disso, o repórter alegou falta de pagamento por seu trabalho na produção do documentário sobre a vida do líder religioso, responsável pela produção artística, divulgação e fotos da obra. O não cumprimento da indenização resulta em um acúmulo de valores devido aos juros e correções monetárias desde 2011.

1 visualização0 comentário

コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page