top of page

'Não vou descer a esse nível', diz Padilha após ataques de Arthur Lira


O ministro-chefe das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, quebrou o silêncio após os ataques do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP). O ministro rebateu as críticas do deputado que o chamou de “incompetente” e “desafeto”.


De acordo com informações da Folha de São Paulo, ao ser questionado sobre os ataques, Lira disse que não iria “descer a esse nível", acrescentando que sua mãe lhe ensinou que "quando um não quer, dois não brigam". Além disso, Padilha afirmou que “rancor é igual a tumor, envenena a raiz”, referindo-se ao trecho de música do rapper Emicida.


Arthur Lira afirmou nesta quinta-feira (11) que o ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) é um "desafeto pessoal" e também "incompetente" na articulação política do governo do presidente Lula. O progressista deu essa declaração ao ser questionado por jornalistas sobre a votação na Câmara que manteve a prisão do deputado Chiquinho Brazão (Sem Partido) que teria causado um enfraquecimento da liderança dele na Casa.


"Essa notícia foi vazada do governo e, basicamente, do ministro Padilha, que é um desafeto, além de pessoal, um incompetente. Não existe partidarização. Eu deixei bem claro que ontem [quarta-feira] a votação foi de cunho individual, cada deputado responsável pelo voto que deu. Não tem nada a ver", afirmou Lira, durante entrevista em uma feira agroindustrial em Londrina, no norte do Paraná.

1 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page