top of page

PGR pede arquivamento de inquérito contra Renan Calheiros em caso da Transpetro

Senador é investigado por suposto recebimento de propina; PF e PGR não viram provas e defesa diz que delações são “frágeis” e sem credibilidade


Calheiros foi denunciado em 2017 pela Procuradoria-Geral da República (PGR)

(Waldemir Barreto/Agência Senado)


A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu o arquivamento de um inquérito contra o senador Renan Calheiros (MDB-AL) para apurar supostas irregularidades em contratos e pagamento de propinas envolvendo a Transpetro, subsidiária da Petrobras, e o Estaleiro Rio Tietê, em Araçatuba (SP).

A investigação tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), com a relatoria do ministro Edson Fachin. O caso tem origem em delações premiadas da operação Lava Jato, incluindo declarações de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro.

Renan Calheiros é investigado pelos supostos crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro, por um suposto recebimento de propina na construção de embarcações do estaleiro.


Para a vice-procuradora-geral da República, Lindôra Maria Araujo, não há provas que sustentem o oferecimento de uma denúncia contra o congressista.



8 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page