top of page

Governo Lula gasta valor milionário em tapetes para 'abrasileirar' os palácios; entenda

Atualizado: 3 de jan.


O governo Lula (PT) realizou recentemente uma licitação para gastar R$ 374 mil na aquisição de 12 tapetes para 'abrasileirar' os palácios do Planato, sede do Executivo, e da Alvorada, residência oficial do presidente da República.


Segundo informações da Folha de S.Paulo, os tapetes têm preços variados. O mais barato custa R$ 736 e os dois mais caros saíram a R$ 113 mil cada um. Os itens de valores maiores são de nylon e com tamanho de 6,8 por 10,3 metros.


No chamamento da concorrência, o governo afirmou que a compra é necessária para adequar os locais à cultura do Brasil. 


"Tendo em vista os tapetes orientais, que atualmente ambientam salas e gabinetes dos palácios presidenciais, não trazem aos seus espaços cívicos necessitam, realizou-se um estudo sobre as tipologias de materiais utilizados na produção de tapetes brasileiros, bem como sobre os locais e meios originários de fabricação das peças de tapeçaria no país objetivando uma maior integração visual entre os espaços do prédio", diz o texto.

Já a assessoria da Presidência ressaltou que os tapetes 1não são para uso do atual presidente e sim como patrimônio da União, e estão sendo repostas porque as atuais não estão em bom estado".


"Além disso, respeitam os padrões e referências dos Palácios oficiais da Presidência da República. Todas as peças passam a integrar o patrimônio da União e serão utilizadas pelos futuros chefes de Estado que residirem nos palácios", disse através de nota.

O governo também prevê ainda gastar R$ 156 mil na troca de piso na Granja do Torto, residência de campo da Presidência, em Brasília.

6 visualizações0 comentário

Opmerkingen

Beoordeeld met 0 uit 5 sterren.
Nog geen beoordelingen

Voeg een beoordeling toe
bottom of page