top of page

Presídios são alvos de megaoperação em busca de celulares


Os presídios em todo o Brasil são alvos, nesta quarta-feira (31), de uma megaoperação coordenada pelo Ministério da Justiça. A ideia inicial é apreender aparelhos celulares dentro das celas, que fortalecem a troca de informações entre os detentos. Coordenada pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen) com as secretarias penitenciárias estaduais, a missão ocorre também no Distrito Federal.


Dessa forma, ela tem o objetivo também de evitar contato com o setor externo à prisão. Entre os princípios dos agentes penais está o fato de evitar que membros de facções criminosas compartilhem informações com detentos e quem está em liberdade. O contato faria com que eles formassem ataques ou ações orquestradas.


No decorrer das ações, o passo inicial é interromper a comunicação com uso de tecnologia que embaralha o sinal e, posteriormente, ocorre a busca aos aparelhos com ações de revistas em pavilhões e celas. 


Anteriormente, a operação batizada de “Mute” contemplou 8.199 policiais penais envolvidos, bem como 8.569 celas revistadas.

3 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page