top of page

Rival direto do Bahia no Brasileirão adota medida emergencial; saiba detalhes


O Bahia se distanciou da parte externa da zona de rebaixamento à Série B do Campeonato Barsileiro por um ponto. Com a derrota para o Flamengo por 1 a 0, no último sábado (31), o Esquadrão de Aço perdeu uma casa na batalha contra a degola.


Aliado a isso, a condição do Tricolor pode ficar ainda mais complicada devido a uma medida emergencial de um dos rivais diretos no atual cenário: o Santos.

Após vencer o Vasco da Gama por 4 a 1, neste domingo (1°), no Estádio Vila Belmiro, em São Paulo, o Peixe decidiu continuar com Marcelo Fernandes no comando técnico no restante da atual temporada. “Internamente, o [Alexandre] Gallo conversou comigo e ele confirmou, sim. Sou o treinador do Santos hoje”, garantiu o treinador, em entrevista coletiva após o duelo.


O treinador também criticou o período que resultou na saída dele no ano passado, quando a equipe era gerida por Lisca.


“Há 40 dias atrás eu estava desempregado. Fiquei por um ano por uma coisa que aconteceu que é inadmissível. Não pode chegar um cara aqui hoje e querer tirar A ou B. Não. Você vai trabalhar com A e com B porque eles dão retorno para gente. É assim que tem que ser. O justo tem que ser justo. Eu fui campeão paulista em 2015. Eu quero crescer, mas não vou ficar implorando, jogar conversa no ar para ser. Eu tenho uma direção, uma hierarquia a seguir”, garantiu.


Fernandes também destacou que o amor que sente pelo clube o faz querer “crescer cada vez mais”.


“Eu quero crescer cada vez mais. Não é qualquer um que senta aqui e pega um time do tamanho do Santos. Uma situação dessa no Brasileiro, um time desse tamanho. Não sei o que vai acontecer daqui para frente, mas vamos dar a vida por isso.


Meu futuro está aí. Eu só tenho trabalho. Não tenho problema com política do clube, nada. Eu só quero trabalhar porque eu amo isso aqui. Eu quero crescer, quero ser campeão de novo no Santos”, finalizou.


Na rodada 26 da Série A, o Santos visita o Palmeiras, no próximo domingo (8), às 16h, na Arena Barueri. Por outro lado, o Bahia visita o Goiás, às 16h, no Estádio Hailé Pinheiro, um dia antes.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page