top of page

Técnico desejado pela Seleção Brasileira detalha pedido de prisão: “Sou inocente”


O empate em 1 a 1 com o RB Leipzig fez o Real Madrid garantir vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. Depois do resultado, nesta quarta-feira (6), o técnico Carlo Ancelotti não fugiu da pergunta do pedido de prisão feito pelo Ministério Público da Espanha. Acusado de fraude à Fazenda, com 1 milhão de euros sonegados em impostos, o italiano pode ficar preso por quatro anos e nove meses.


Segundo o comandante, o caso é antigo e ocorreu em 2015 com uma declaração de imposto de renda. Na oportunidade, ele explicou que não era residente permanente da Espanha, porém foi considerado pelo MP espanhol.


“É uma história antiga, de oito anos atrás, com uma declaração de 2015 em que o Ministério da Espanha pensou que eu era residente permanente e eu considero que não era residente na época. Já paguei a multa e agora é hora de falar com os advogados para achar uma solução”, detalhou Ancelotti em entrevista à Movistar +.


O treinador dos Merengues considera que não será punido pela suposta evasão fiscal. “Estou convencido de que sou inocente, porque não era residente em 2015, eles acham que sim, mas vamos ver o resultado”, reforçou.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page