top of page

“Vamos nos entender”, garante Bruno Reis sobre cobrança do piso salarial de professores


O reajuste do piso salarial dos professores virou pauta de manifestações consecutivas da categoria. Por essa razão, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), enfatizou, nesta sexta-feira (23), que a gestão deve chegar a um acordo com os profissionais da rede municipal de ensino. 


“Vamos seguir discutindo com os professores, tenho respeito máximo pelos professores. Começa agora a mobilização deles, porque 1° de maio é a data base do reajuste da categoria. Até lá, nós vamos nos entender”, iniciou.


Em seguida, o gestor da capital baiana assegurou que além do investimento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), o órgão ainda aplica um bônus acima da média. 


“Eu posso assegurar a vocês que os professores de Salvador recebem acima da média do Brasil. 100% do dinheiro do FUNDEB, eu tinha que aplicar 70% para os professores e 30% para manter escolas, construir, garantir a merenda, aqui em Salvador a gente aplica 105%. Ou seja, além do dinheiro que vem do FUNDEB, eu ainda boto mais R$ 80 milhões só para custear os salários dos professores. Todo o restante da educação, essas escolas, as quadras cobertas, água, luz, terceirizados, tudo isso são recursos próprios da prefeitura”, finalizou. 

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page